26 de fevereiro de 2020

EP114: Acolhimento

“Você quis evoluir, sair do piloto automático. Você ouviu a voz do seu coração e mergulhou nesse tal de autoconhecimento.
Você foi corajoso e decidiu enfrentar suas limitações, a voz na sua mente que te dizia para não acreditar em si.
Você quis tirar a venda dos olhos do ego e partir rumo a sua essência.
Acontece que nesse caminho você viu que havia luz e sombra. Você tinha preciosidades dentro de si, mas também havia escuridão.
O caminho exigiu persistência, exigiu que você olhasse com verdade para o que estava a sua frente.
Você precisou se acolher. Acolher seus processos internos, acolher a ideia de que não daria para se tornar “perfeito” do dia pra noite.
Nessa hora, talvez você tenha recuado. Na hora de enfrentar o que a nossa consciência nos mostra a respeito de nós, há dois caminhos. O de se acolher e ter paciência consigo, com seu ritmo e sua evolução, ou ser um juiz severo e excessivamente duro com você mesmo.
A caminhada exige persistência e firmeza, mas também exige acolhimento.
Você vai continuar errando, vai continuar acertando. Dias em que dará 10 passos pra frente e, em outros, 11 pra trás.
Escolha aceitar sua humanidade. Escolha ver com humildade que o caminho se faz um passo de cada vez, e que com autocompaixão fica mais fácil. Não acomodação, não inércia, mas autocompaixão, acolhimento, tolerância para com seus próprios erros e defeitos.
Escolha se olhar e, sobretudo, escolha se ver.
Escolha o melhor de você, todos os dias.”

Quando buscamos evoluir e realizar transformações positivas em nossas vidas, muitas vezes tendemos a querer ser perfeitos do dia para a noite, não tendo a paciência necessária para com nossas transformações e processos internos.

Toda mudança precisa encontrar um cômodo dentro da gente, precisa achar espaço e ser acolhida dentro de nós mesmos para ser efetivamente integrada.

Você tem acolhido seus processos internos? Tem entendido que o caminho de evolução pode ser leve e não tão cheio de cobranças e autoimposições?

Você tem sido um juiz severo para si mesmo, ou tem tido a compreensão necessária de que você é um ser em evolução e que pode e deve respeitar o seu ritmo?

Acolha-se mais! Você merece receber seu próprio amor.

Beijo no coração e ótimo dia a todos vocês!

Com amor, Bruna

 

Clique aqui se quiser saber mais sobre os serviços que ofereço (Coaching, Thetahealing e Reiki).

3 Responses to “EP114: Acolhimento”

  1. Olá Bruna!
    Sou Psicóloga em Lages SC Brasil, acompanho seus Podcats e esse me chamou atenção. Tanto que compartilhei.
    Gratidão

    Denise Paim

    • Olá Denise, tudo bem?

      Que legal, fico muito feliz em saber e também muito grata por você compartilhar o conteúdo que disponibilizo!

      Grande abraço!!!

      bruna

  2. Querida Bruna é um prazer compartilhar seu conhecimento, estamos todos num momento difícil mas com sabedoria e amor podemos ajudar uns aos outros.

    É imensa minha gratidão.

    Abraço afetuoso.

    Denise Paim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *