Quão identificado você está com a sua mente?

Se nossa essência é força, luz, magnificência, amor ao próximo, felicidade, alegria, comunhão; e se você está vibrando e vivendo o contrário disso, é porque há, em algum nível, e de maneira consciente ou inconsciente, uma identificação com aquilo que a sua mente está te contando.

Você de certa forma ACREDITA naquilo que a sua mente te fala, e nem questiona mais se isso é uma verdade ou não.

De que maneira você conversa com você mesmo? Quais são suas crenças, aquilo que você acredita verdadeiramente? Aquelas coisas que de tão enraizadas, talvez você nem tenha parado para questionar?

Eu não posso“, “eu não consigo“, “não sou capaz“, “eu não mereço ser amado“, “se melhorar, estraga“, “sou assim mesmo“, “a felicidade é para poucos“, “se tá bom demais, o santo desconfia“, “sou sempre criticado, então já desisti mesmo“, e por aí vai.

À medida que vamos nos tornando conscientes, vamos percebendo aquilo que é “história da nossa mente” e o que verdadeiramente somos.

Somos seres ilimitados, e podemos alcançar tudo aquilo que quisermos. A vida e a criação estão interessadas no nosso crescimento e na nossa expansão, e não deveríamos dar poder a nada que seja diferente disso.

As crianças são seres tão conectados com sua essência, que dificilmente quando uma criança quer fazer algo, ela irá se perguntar: “Será que eu vou conseguir? Será que sou capaz?” A certeza na sua própria capacidade já mora nela.

A meditação pode ajudar muito nesse processo de percebermos quem somos em essência. A auto-observação também. Comece a anotar quando essas frases recorrentes “aparecem” na sua mente. Em que momentos elas vêm? Com que frequência?

Escreva uma afirmação para ressignificar (dar um outro significado) para esse pensamento ou essa crença.

Por exemplo: substitua “eu nunca consigo achar tempo pra mim” PARA “hoje, na medida do possível, irei olhar para mim com carinho e me tratar bem”.

Escreva algo que faça sentido para você.

Espero que você tenha gostado deste episódio. Comente comigo o que você achou. Vou adorar saber!

Um beijo grande e até a próxima!

Links:

Acompanhe o ConscienteMente no Telegram: https://t.me/conscientementepodcast

Confira também: EP143: Liberte-se do sofrimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *